Controle sua Raiva em 8 Passos

Você percebe que fica com raiva facilmente e é difícil controlar?

Talvez, se isso acontece frequentemente, você não tem habilidades necessárias para controlar suas emoções.

A raiva é uma emoção humana causada por algum estímulo externo, que ocasiona uma série de reações fisiológicas e comportamentais que podem ser prejudiciais para nós mesmos e para os demais.

Mas porque ela acontece?

Na verdade a raiva é uma emoção básica, e desempenha um papel importante e necessário em todos nós: de defender nossos direitos quando interpretamos que algo nos ofende ou prejudica.

Esconder a raiva ou fingir que ela não existe, de forma permanente, não é possível nem benéfico a nossa saúde mental, mas sim desenvolver mecanismos que nos façam lidar com a raiva de forma diferente, conhecendo quais são seus gatilhos em nós, evitando situações de exposição a eles e mudando a forma como percebemos e reagimos às situações.

8 técnicas que te ajudarão a aprender a como controlar a raiva:

1. Assuma a responsabilidade dos seus estados emocionais e conheça o que te causa raiva e sentimentos negativos;

2. Pare-a na hora, seja tomando um tempo antes de reagir automaticamente, contando até 10, respirando, ou algo que corte a reação automática já tão habitual para você;

3. Analise suas emoções corretamente, dando a dimensão exata do problema, sem fantasiar;

4. Reestruture seus pensamentos, deixando de lado o dramatismo, adaptando os pensamentos a realidade do momento, dando uma interpretação mais real a situação.

5. Desabafe, expresse os seus sentimentos, por exemplo, escrevendo tudo o que sente.

6. Aprenda a relaxar, descubra técnicas que servem para você e que te relaxam, como ouvir música, respiração, etc.

7. Aprenda a expressar a raiva de outra forma que a habitual, melhorando seu autocontrole;

8. Foque nas soluções para o problema, e não na pessoa ou situação que te causou a raiva.

Por fim, no momento em que temos um manejo melhor da raiva, sentimos os benefícios e principalmente satisfação, porque percebemos que não é mais a raiva que nos controla, mas sim, somos nós que a controlamos.

Caso esse manejo da raiva não seja possível para você, a ajuda da terapia com um psicólogo é uma opção bastante efetiva para o tratamento dessa situação. E, precisando, você pode contar com a nossa ajuda e equipe de psicólogos do Projeto Sakura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *