Estafa mental: como identificar e lidar?

Estamos vivendo tempos difíceis e extremamente angustiantes com a pandemia do novo Coronavírus, que mudou quase completamente a nossa rotina e o nosso trabalho, sendo este um quadro que desafia muito a nossa saúde mental. No início, sentimos medo, desorientação, luto pela rotina que perdemos e muita angústia mediante a indeterminação, incertezas e não controle das coisas.

E hoje, após mais de um ano de pandemia, estamos cansados e vivendo uma esperança que oscila em acreditar que isso tudo logo vai passar ou que não iremos mais aguentar.

Devido ao isolamento social, falta do convívio com as pessoas que amamos, perda ou redução de renda, alterações significativas na rotina, excesso de telas e redes sociais, notícias preocupantes, perda de familiares e amigos, processo de luto, etc., as pessoas estão enfrentando um turbilhão de sentimentos e pensamentos como: desesperança, solidão, depressão, desânimo, raiva, frustração, irritabilidade, medo, preocupação e impotência.

Estamos frequentemente em estado de alerta, preocupados, confusos, estressados e com sensação de falta de controle frente às incertezas do momento, uma vez que o Coronavírus se mostra muitas vezes tão letal e de fácil contágio. E isso está desencadeando, em alguns, desequilíbrios emocionais, fazendo com que a pessoa fique mais fragilizada e desenvolva ansiedade, depressão, síndrome do pânico, crise de ansiedade, alterações no sono, humor e alimentação, etc.

É difícil sair ileso dessa situação que estamos vivenciando em que todo mundo, de algum modo, foi afetado.

Com tudo isso, algumas pessoas podem apresentar um quadro de estafa mental, que consiste na sensação de esgotamento mental devido ao excesso de tarefas diárias e preocupações excessivas. A rotina puxada, preocupações excessivas e o elevado nível de cobrança são causas frequentes de estafa mental.

Os sintomas comumente apresentados na estafa mental são: desânimo sem motivo aparente, dores no corpo, falta de motivação para continuar a fazer o que gosta, sensação de cansaço extremo, falta de energia e motivação para realizar tarefas diárias, falha de memória, insônia, ansiedade, etc.

A estafa mental, que acontece quando o nosso cérebro fica sobrecarregado devido ao excesso de informações e atividades, pode nos atingir de forma física e mental, comprometendo a vida e o desempenho de crianças, adolescentes e adultos.

Por isso, assim que começarem a surgir sinais e sintomas, é importante descansar ou fazer alguma atividade que estimule a sensação de bem-estar. A melhor forma de combater a estafa mental é relaxar, dormir e se alimentar de forma saudável e equilibrada, procurar mudar seus hábitos e buscar por ajuda psicológica.

Informe seu e-mail abaixo para entrar para nossa lista de assinantes e receber novidades e conteúdos exclusivos do Projeto Sakura!

Assine para receber novidades. Respeitamos sua privacidade e também somos contra qualquer prática de Spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *