Quando Procurar um Fonoaudiólogo?

A fonoaudiologia não é apenas sobre fala. Muitas pessoas têm a percepção que um fonoaudiólogo deve ser procurado apenas quando há um problema de fala, mas o tratamento fonoaudiológico é muito mais do que isso. Além da linguagem oral, o fonoaudiólogo atua nas dificuldades da linguagem escrita, como nos casos de dislexia, além de auxiliar as crianças com problemas na voz, na respiração e dificuldades para engolir, mastigar ou sugar.

A comunicação é uma habilidade essencial, e está intrínseca ao ser humano. Nós nos comunicamos através da fala, expressões faciais, gestos, contato visual, escrita, figuras, símbolos e muitas outras formas. Cabe ao fonoaudiólogo então, auxiliar as crianças nessa jornada até a comunicação eficiente. O desenvolvimento correto da linguagem, fala e audição, ajudam as crianças a estabelecerem uma comunicação com o mundo e proporciona para eles a confiança necessária para buscar novos desafios, aprender e estabelecer conexões.

O desenvolvimento da linguagem escrita é dependente da linguagem oral adquirida previamente. Aprender a falar os sons corretamente garantirá que as trocas de sons na fala não sejam transportadas também para a escrita.

Cada criança carrega consigo um universo inteiro de possibilidades. Cada uma com suas particularidades e limitações, elas vão crescendo e aprendendo no seu próprio ritmo a explorar o mundo. Cabe aos fonoaudiólogos possibilitar que cada uma delas tenha o poder de estabelecer essas conexões de se comunicar, e compreender o mundo que as rodeia.

O fonoaudiólogo é o profissional da área da saúde que trabalha com os diferentes aspectos da comunicação humana: linguagem oral e escrita, fala, voz, audição e funções responsáveis pela deglutição, respiração e mastigação. Desenvolve atividades voltadas à promoção da saúde, prevenção, orientação, avaliação, diagnóstico e terapia. Atua também em ensino, pesquisa e consultoria.

Muita gente acha que o campo de atuação desse profissional é um tanto limitado, porém, isso não é verdade. Além da capacidade de interpretação, análise, concentração, perseverança e sensibilidade, o fonoaudiólogo deve ser paciente, criativo, objetivo e ter um bom relacionamento interpessoal para atuar no mercado de trabalho, já que esse possui 11 áreas de atuação:

– Linguagem.
– Motricidade orofacial.
– Saúde Coletiva.
– Voz.
– Disfagia.
– Fonoaudiologia educacional.
– Gerontologia.
– Fonoaudiologia neuro funcional.
– Fonoaudiologia do trabalho.
– Neuropsicologia.

E então, deu pra conhecer um pouco dessa área da saúde que é ampla e abraça cada paciente individualmente, com suas características e sintomas.

2 thoughts on “Quando Procurar um Fonoaudiólogo?

    • Projeto Sakura
      Projeto Sakura says:

      Olá, Minoru! Sim, é possível o tratamento, mas antes temos que realizar uma avaliação fonoaudiológica para então traçarmos o plano terapêutico que é específico para cada paciente. Uma pergunta: há quanto tempo sofreu esse AVC? Dependendo do tempo que passou fica mais difícil retomar as atividades.
      Podemos agendar uma conversa sem custo.
      Por gentileza, entre em contato com nossa equipe pelo site ou pelo telefone 08021115055
      Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *