A depressão pós-parto é o mesmo que “baby blues”?

A depressão pós-parto ainda é mal diagnosticada e muitas vezes confundida com o “baby blues”, que se trata de um estado fisiológico ligado aos hormônios e que não necessita de tratamento ou terapia, visto que surge logo após o nascimento do bebê e desaparece alguns dias depois. Demanda apenas cuidados e acolhimento à mãe e ao bebê por parte da família.

Mas a depressão tem natureza diferente e pode passar despercebida, tanto por familiares quanto pelos próprios médicos, trazendo graves consequências na relação entre mãe e filho. Os sintomas de depressão pós-parto podem surgir logo após o parto, ou até um ano após o nascimento do bebê.

Numa sociedade que idealiza a maternidade e onde a publicidade mostra apenas mães sorridentes e felizes, a mulher é levada a vivenciar certos momentos de fragilidade com grandes questionamentos, culpabilidade e vergonha, devido a uma imagem fantasiosa da maternidade.

A fatiga do pós-parto, as noites mal dormidas, o cansaço ligado à gestão da rotina, além do aleitamento e cuidado com o recém-nascido, são extenuantes e levam a mãe a sentir grande ansiedade, sobretudo ao isolamento social, sem falar na crise de identidade com o novo papel de mãe.

Todos esses fatores podem favorecer o surgimento de atritos na vida conjugal e distanciamento da família, propiciando sentimentos de tristeza constante, incapacidade de cuidar de si e do bebê e desânimo extremo. Precisamos entender que o sentimento de isolamento e confusão não permite que a mulher peça ajuda no momento adequado.

A depressão pós-parto quando percebida e diagnosticada no tempo certo, pode ser tratada apenas com ajuda psicoterapêutica, mas quando a depressão é severa, unicamente a terapia não é suficiente e será indicado também o acompanhamento psiquiátrico.

É muito importante, antes de tudo, constatar que esse período na vida de uma família não é um período de performance e de realização, com cobranças e exigências.  É um tempo de emoção e introversão que demanda calma e tranquilidade.

Informe seu e-mail abaixo para entrar para nossa lista de assinantes e receber novidades e conteúdos exclusivos do Projeto Sakura!

Assine para receber novidades. Respeitamos sua privacidade e também somos contra qualquer prática de Spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *