Como está a sua Saúde Mental?

Basicamente, ter saúde mental é estar em equilíbrio consigo e com as pessoas, sabendo lidar com as emoções agradáveis e desagradáveis do dia a dia.

Para avaliar brevemente nossa saúde mental, uma das perguntas a se fazer é:

Como estão suas relações? Sim, como você tem se relacionado com sua família, com as pessoas do trabalho, dos grupos e redes sociais? Você tem se sentido mais sensível, irritadiço(a), choroso(a), evitado contatos?

Se a resposta foi sim para algumas dessas opções, é sinal que a Saúde Mental não esteja bem.

Existem muitos fatores que contribuem para o desequilíbrio da  saúde mental, podendo ser por fatores sociais, biológicos e psicológicos. Neste post abordarei sobre os fatores sociais, no próximo sobre os fatores biológicos e então sobre os fatores psicológicos, provocando reflexões de como você tem lidado às situações da vida.

Os fatores sociais que  podem influenciar a saúde mental, são por exemplo mudanças sociais. Vemos no Japão várias condições sociais que tornam a saúde mental dos estrangeiros vulneráveis como dificuldades de adaptação, condições estressantes no trabalho, exclusão social, muito tempo no trabalho dificultando estilo de vida saudável, além de outros fatores como separações e outras rupturas sociais.

Formas de lidar e prevenir desequilíbrio mental nestes casos:

  • Lembre-se do que te trouxe nesse país e mantenha sempre pequenas metas, as maiores podem ser difíceis de alcançar fazendo-o(a) desistir;
  • Tente conhecer e estudar a cultura e as diferenças sociais para compreender melhor o lugar em que vive;
  • Reconheça e respeite seus limites para realizar melhores escolhas em relação ao trabalho e as relações;
  • Reserve um tempo para atividades que lhe tragam prazer;

Cada pessoa reage e consegue ou não lidar melhor com os fatores estressantes. acompanhem os próximos posts que falarei sobre fatores biológicos e psicológicos. E lembre-se, identificar que precisa de ajuda profissional, não é fraqueza! É um sinal de que sua Saúde Mental está preservada! Até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *