O que NÃO nos contaram sobre o sentimento do Natal

Natal é a época de reunir a família, de perdoar as pessoas, de presentear, e de estar juntos com as pessoas que amamos.

Porém estudos vem mostrando que Dezembro é um dos meses que mais ocorrem oscilações dos sentimentos. Crises, depressões, pânicos, ansiedades, culpa são alguns sentimentos comuns nesse mês.

Temos que entender por que esses fenômenos ocorrem, ou seja, que fatores nos levam a ficar vulneráveis?

Alguns fatores podem ser levados em consideração:

– Natal é o momento de reunir a família;

– Momento de sentir felicidade;

– Expor nas redes sociais o quanto sua família é feliz;

– Casa cheia de familiares;

– Comida em fartura;

– E tudo que possa imaginar de bom.

Agora vamos fazer algumas perguntas:

– Todas as pessoas têm a possibilidade de reunir toda a família?

– As pessoas ficam felizes em estar perto de parentes que de alguma forma brigaram ou não se dão bem?

– O que aparece nas redes sociais é a realidade de cada um?

– Hoje em dia, as pessoas conseguem passar o natal com seus familiares?

– E as pessoas que moram em um país distante dos familiares?

– As pessoas tem comida em fartura?

Algumas das expectativas expostas pelo Natal não estão batendo com a realidade de muitos, aí que se encontra o problema, pois se você não consegue atingir esses critérios, você não é feliz e sua família não é bem estruturada.

 O ser humano está mudando, está culturalmente sendo ensinado a não tolerar as coisas que não fazem bem a ele. O que está acontecendo é um conflito cultural, onde as pessoas estão lidando com os valores e crenças antigas e os novos valores e crenças.

Onde antigamente, mesmo você não se dando bem com sua família, você aceitava pelo espirito natalino, era o momento de perdoar, hoje as pessoas não querem mais aceitar aquilo que as incomodam.

Precisamos entender nossa atual situação, que condições nos encontramos fisicamente, financeiramente e psicologicamente, e entender que dentro das possibilidades, você fez o melhor que podia fazer. Para que esses sentimentos não nos façam adoecer.  

O natal é uma oportunidade de fazer aquilo que nos faz bem.

Seja reunir a família, seja descansar ou simplesmente não fazer nada. O importante é termos qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *