Olhando o passado de outra forma… É possível?

Em terapia quando nos deparamos com uma situação do passado com muito sofrimento e mágoas, em geral vemos que há uma ligação emocional com esse passado de emoções primitivas como a raiva e o medo.

Pensamos que justamente essas emoções negativas são as que mais nos prendem as situações passadas, criando uma espécie de linha mental que nos ata ao que aconteceu, não deixando que essas situações sejam superadas e possamos seguir.

Quando de alguma forma conseguimos ressignificar essas situações, vendo-as de outra maneira, como parte de um processo terapêutico, vamos eliminando essas emoções negativas que nos ligavam a elas, fazendo com que aconteça uma espécie de” libertação emocional” desse passado.

Mas como isso é possível?

Dentro do processo psicoterápico, contamos com técnicas, formas de abordagem e caminhos, que nos levam a esse resultado, com o bom manejo do profissional, adaptando-as a cada cliente nas suas características pessoais.

Muitas vezes, para a pessoa que está no processo terapêutico, é muito difícil entender que o que mais está contribuindo para o seu sofrimento é estar ligado a ele pela raiva ou medo. Há uma crença de causa e efeito que diz que eu sofro por isso, então devo odiar essa que é a razão do meu sofrimento.

Esse é o círculo vicioso que nos liga a ele. Pois em terapia conseguimos ressignificar e ter outra percepção dessa situação passada, vendo que não é ela que nos faz sofrer hoje, mas sim o tipo de ligação e percepção que nós temos dela. Sendo assim, é possível superar esse passado e seguir em frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *