Relacionamento Afetivo

Como  o Relacionamento Afetivo faz suas escolhas?

Todo relacionamento começa com um IDEAL, mas precisa conviver com o REAL.

IDEAL é o sonho, quando conhecemos alguém e buscamos encontrar as “qualidades” que desejamos. A pessoa que vai nos “completar”.

REAL é reconhecer a pessoa como ela é, perceber o quão bem ou mal ela te faz e saber que sua felicidade não depende do outro.

Vocês dois JUNTOS podem ser melhores exatamente por que um apoia e aceita as diferenças existentes no outro.

Quando uma pessoa chama a nossa atenção e desperta o desejo de conhecer e iniciar um relacionamento, devemos buscar uma melhor compreensão sobre quais características despertaram este desejo. Isto tem ligação com as nossas características pessoais, destaco aqui alguns aspectos que vão ajudar nesta reflexão:

– Quer ser cuidado, ter alguém que se preocupe com você;
– Ter sonhos e planos futuros em comum;
– O valor que você dá para a aparência física;
– Encontrar segurança no seu companheiro (a);
– Possuir estabilidade financeira.

O que pode interferir na sua escolha afetiva?

– Sua história de vida;
– Relacionamentos anteriores;
– Rotina da vida no Japão, muitas horas de trabalho e a necessidade de ter alguém para compartilhar momentos fora do trabalho;
– Características pessoais: insegurança, autoconfiança, irritabilidade, carência entre outros.

Como você se mostra para o outro?

Medos, inseguranças, valores e nossa história em relacionamentos anteriores estarão sempre presentes, porém não podem ser “fantasmas” que irão atrapalhar uma nova escolha. Alguns pensamentos podem atrapalhar muito, entre eles: dúvidas sobre o que falar, como se expressar, dúvida e insegurança sobre não ser correspondido no sentimento, se envolver e o relacionamento acabar ou usar o sexo como fuga para não assumir algo sério.

O medo é para ser enfrentado, ele nos protege, mas também deve nos impulsionar na direção dos nossos objetivos.

Você sofreu, se decepcionou, isto é a sua história e não significa que irá se repetir num novo relacionamento. Quanto mais conhecer sobre você mesmo, melhor fará novas escolhas.

Acompanhe nossa coluna, na próxima falaremos sobre Pontos fortes no relacionamento.

Pontos fortes no relacionamento

Envolver-se com alguém é diferente de comprometer-se, construir uma relação exige honestidade, humildade, capacidade de se arriscar e investir na relação.

Em um relacionamento saudável nós estabelecemos trocas, recebemos na medida em que damos. Cada um com o que tem de melhor, nas suas possibilidades, limitações e maturidade.

Comprometer-se com alguém vai muito além da atração física e do sexo, é preciso afinidades sobre o jeito de viver a vida, flexibilidade para aceitar as diferenças e capacidade de tolerância.

O mais importante é que seja uma relação que ofereça segurança, confiança e cuidado um com o outro.

Algumas dicas que fortalecem um relacionamento:

– Mantenha o foco no que acontece de positivo;
– Cuide do seu bem estar e da sua autoestima, você estando bem o convívio com o outro tende a ser mais agradável;
– Respeite as diferenças existentes entre vocês, gostos, opiniões, objetivos pessoais e profissionais;
– Preserve a liberdade individual e do casal, o relacionamento não é uma bolha que os mantém isolados, mas cuidado para haver equilíbrio e não acontecer o afastamento entre vocês;
– Comunique, esclareça, pergunte. Não dê espaço para “achismos”. É na conversa que vocês dois irão buscar um entendimento e não estabelecer uma competição de quem está com a razão;
– Cultive a admiração pelo (a) seu (ua) parceiro (a). O relacionamento se estrutura com bases mais sólidas quando existe admiração entre os dois;
– Apoie e seja companheiro (a), nas decisões, sentimentos, opiniões ou desejos. Busque ter empatia por quem está ao seu lado;
– Responsabilize-se pela vida a dois ou familiar que vocês dois escolheram. Contas, tarefas domésticas, cuidado com os filhos, administração financeira, dívidas ou dos bens adquiridos, devem ser feitas em conjunto;
– Planeje objetivos em comum, além dos pessoais. Uma viagem, um passeio, ter filhos, como educá-los a compra de uma casa;
– Ame e faça sexo, o amor é o que dá sentido ao relacionamento, ele auxilia na superação de dificuldades. A vida sexual, a quantidade e qualidade dependem de cada casal e é muito importante para que todos os outros aspectos do relacionamento caminhem juntos.

O mais importante é ser sincero com você e com o outro, viver um relacionamento por inteiro, com todas as dificuldades e conquistas que fazem parte desta escolha.

É na troca com o outro que aprendemos quem somos.

Um comentário sobre “Relacionamento Afetivo

  1. Avatar
    Sandra midori kataoka jorge comentou:

    Gosto muito de aprender,viver novas experiencias,penso que duas pessoas que se amam devem sempre remar para mesma direcao,buscando o melhor em todos os sentidos da vida,so nao entendo porque tem pessoas que nao percebem a mudanca que a vida nos traz,e insistem em continuar errando,aborrecendo,quando vao perceber que temos que mudar,e tao bom quando algo e mudado,me sinto feliz por te obtido resultados maravilhosos.!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *