Você sabe o que é “Procrastinação”?

Essa palavra pode ser difícil e talvez você nunca tenha ouvido falar dela, mas tenho certeza que em algum momento da sua vida, você passou por isso e talvez tenha se sentido incomodado… Ou pode estar passando neste momento! Essa coluna irá lhe ajudar a identificar atitudes de procrastinação e dar algumas dicas para mudar isso JÁ!

A procrastinação é o comportamento de adiar algo que precisa ser resolvido, deixar para lidar com a situação depois e está diretamente ligada a fatores como ansiedade, estresse, falta de foco e até mesmo falta de motivação e produtividade. A procrastinação pode ser uma posição confortável em relação às responsabilidades diárias.

Existem cinco motivos principais para adiar as coisas:

– O primeiro é o medo, que pode ser de falhar, do sucesso em si ou até mesmo do resultado da atividade que você necessita realizar;
– O segundo é o perfeccionismo e a insegurança de não conseguir ser perfeito no que deve fazer, em relação à este quesito existe uma frase que diz “antes feio do que perfeito”, que resume muito bem o pensamento necessário nos momentos de procrastinação;
– Outro motivo é a dificuldade em iniciar as atividades, talvez por meio de restrições que nos fazem “travar” na hora de começar algo;
– O próximo motivo é a falta de motivação, independente se está adiando por falta de interesse, ou por fatores externos, é necessário superá-los;
– Por último temos as distrações, que são os sintomas mais comuns e também os mais fáceis de serem contornados.

A ação é a base do que você vai conseguir no futuro, ação + planejamento te levam ao próximo nível.

Como qualquer mudança, a consciência da necessidade de parar de procrastinar deve acontecer aos poucos para ser duradoura. Pra isso, seguem algumas dicas para não procrastinar:

1) Perceba um padrão das atividades que você costuma adiar e as que tiram sua concentração, para a partir disto poder evitar.
2) Faça uma coisa de cada vez e conclua a atividade antes de iniciar uma próxima tarefa.
3) Evite distrações, atividades que não tenham haver com a tarefa que deve ser realizada.
4) Utilize técnicas de produtividade e seja fiel a elas para auxiliar na mudança desejada.
5) Elabore estratégias, dividindo a tarefa em diversos passos, se organize com checklists ou outras formas.
6) Controle a procrastinação antes que ela se torne um hábito em sua vida.

Bom, agora que você já entendeu um pouquinho sobre a procrastinação, e aprendeu algumas formas de começar a mudar esse comportamento, é hora de pôr em prática!

Você sabia que um PSICÓLOGO também pode te ajudar a passar por isso?

O auxílio de um profissional num momento de mudanças como esse pode potencializar e trazer ainda mais motivação nas fases difíceis. Fale conosco!

Informe seu e-mail abaixo para entrar para nossa lista de assinantes e receber novidades e conteúdos exclusivos do Projeto Sakura!

Assine para receber novidades. Respeitamos sua privacidade e também somos contra qualquer prática de Spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *